Rapaz diz ser viajante do tempo do ano 2050 e revela: ‘Vivemos em uma simulação’

51

Homem alega que veio do futuro para alertar sobre o fim da espécie humana: ‘Estão mentindo para nós por meio de esquemas de propaganda para nos odiarmos’

Por IG – Último Segundo

Um homem alega ser um ciborgue vindo do ano 2050 e diz que a humanidade vive em uma simulação que está sendo bancada por uma corporação desconhecida. O suposto viajante do tempo se identifica como Orrin e terá vindo do futuro para alertar o fim da espécie humana. Durante o programa de talk show norte-americano Dr. Phill, Orrin foi ridicularizado após responder algumas perguntas do apresentador.

A mãe do rapaz estava na plateia para traduzir o que o filho estava tentando comunicar. O canal do YouTube Apex TV, especializado em conteúdos conspiratórios e paranormais, traduziu as informações e esclareceu o conteúdo passado pelo suposto viajante.

Ao longo de 10 minutos, o ciborgue de 2050 teria afirmado que “estamos vivendo em uma simulação”. O paralelo seria com algo que a trilogia Matrix mostra, mas comandado por uma corporação e não por máquinas.

Publicidade

“Estão mentindo para nós por meio de esquemas de marketing e propaganda para nos odiarmos. Para nos dividir com base em gênero, raça, sexualidade, identidade e preferências”, explica

Uma revolução será necessária para livrar a sociedade dos “plugs” que nos conecta com a ilusão. “Precisamos mudar toda a instituição e estrutura para que possamos valorizar coisas como o bem maior, como a sociedade, como o meio ambiente”, concluiu o suposto viajante.