8 municípios do MS terão prioridade em promoção de turismo nacional e internacional

5

Ferramenta de “pontos” da secretaria do turismo visa dar mais atenção a cidades desenvolvidas

Por MidiaMax- Karina Campos 

A quarta fase do Programa de Classificação Turísticas dos Municípios de Mato Grosso do Sul, apontou que cerca de 30 municípios tiveram uma melhora nos índices do projeto. A ferramenta acaba gerando uma competitividade turística entre as cidades; apenas oito delas está na última fase e terão prioridade em campanhas e promoções turísticas da Fundtur-MS (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul).

Continua Após a Publicidade

Conforme o diretor-presidente da fundação, Bruno Wendling, a programação gera informações e uma “radiologia” das cidades e como as verbas são investidas no setor turístico. Cada gestão municipal cadastrada no programa tem a responsabilidade de cuidar da sua demanda e oferta turística, só assim a secretaria tem informações atualizadas para tomar decisões relacionadas as políticas públicas.

“A classificação é uma ferramenta que a secretaria está utilizando nos últimos anos e que vem sendo aprimorada. É um instrumento de gestão, para conectar a oferta turística de Mato Grosso do Sul. Verificar o nível que os municípios se encontram e a partir daí tomas boas decisões. Quando a gente conhece o nível de desenvolvimento, conseguimos criar políticas públicas. Por exemplo, assim temos capacidade de avaliar e verificar se a cidade tem demanda de produto para nível nacional ou a internacional”, explicou.

Ainda segundo ele, a secretaria está preparando uma campanha inédita para o turismo local para os próprios sul-mato-grossenses. A edição deve ser lançada em maio.

Continua Após a Publicidade

A avaliação é feita por critérios técnicos de classificação como: nível de desenvolvimento turístico, com 58 pontos, atuação e planejamento de recursos,23 pontos, sustentabilidade, 27 pontos; e infraestrutura básica de apoio turístico, gera 127 pontos.

Na categoria semear, estão os municípios que atingiram até 80 pontos, e eles terão enfoque nas ações de melhoria da infraestrutura básica, turística e sensibilização da comunidade local. Já na categoria Nascer, estão os municípios que atingiram de 80 a 109 pontos, eles terão de auxílio da fundação ações de estruturação na vocação de destino, qualificação e melhoraria na infraestrutura.

Frutificar estão as cidades com pontuação de 109 a 149 pontos, e terão planejamento de roteiros, e produtos turísticos. Na última etapa, colher, os municípios que atingiram, de 149 a 235 pontos serão destaques e receberão prioridade na manutenção, promoção e comercialização dos produtos turísticos. Para esta fase a fundação dará prioridades como investimentos públicos e turísticos, prioridade na promoção nacional e internacional e investimentos financeiros de até R$ 20 mil.

São 5 cidades que já estão colhendo os benefícios sendo: Bonito, Costa Rica, Campo Grande, Bodoquena, Jardim, Aquidauana, Dourados e Corumbá