Assim que a pandemia passar, os traidores da Pátria serão aniquilados

6

Possibilidade de impeachment durante a crise é remota 

Por Diário do Brasil- Patrícia Moraes Carvalho | 

Golpe orquestrado pela ‘turma’ do Maia [leia-se DEM+PT+PSDB+PSOL+Gilmar Mendes] pode dar com os burros n’água.

Em primeiro lugar: o país entrou em estado de calamidade pública;

Em segundo: Bolsonaro não cometeu qualquer crime que esteja enquadrado na Lei do impeachment;

Continua Lendo Depois da Publicidade

Em terceiro: Caso derrubem Bolsonaro [o que é improvável], Mourão assumiria o poder e a alta cúpula do Exército continuaria dando as cartas (sim…Mourão é confiável, por mais que a mídia tente provar o contrário);

Em quarto: Se Rodrigo Maia fizer a enorme besteira de pautar um impeachment em meio à pandemia, milhões de pessoas iriam para as ruas (com ou sem Covid-19);

Em quinto: o comandante do Exército brasileiro já avisou que a instituição colocará os anseios do povo em 1º lugar (pra quem sabe ler, um pingo é letra)

Uma coisa é certa … o povo já sabe quem são os traidores da Pátria e assim que essa pandemia passar, esses demagogos carniceiros [que não abriram mão de 1 centavo de seus salários e mordomias] serão aniquilados da vida pública.