COVID-19 – SAMU de Três Lagoas orienta população sobre quando ligar no 192

8

Visando melhorar o atendimento à população, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Três Lagoas prestou alguns esclarecimentos em relação ao telefone, o 192.

Segundo o coordenador, Tiago Gioli Sertorio, o telefone do SAMU é exclusivo para emergência, principalmente as de crises respiratórias e de descompensação, ou seja, quando a pessoa não consegue ninguém que a busque ou a mesma não consiga sair do lugar.

“Estamos recebendo inúmeras ligações de pessoas solicitando orientações sobre o COVID-19 no 192 e isso sobrecarrega as nossas linhas deixando-as ocupadas para quem realmente precisa do serviço”, disse.

Publicidade

Atualmente o SAMU possui quatro linhas com operadores treinados para atender emergências, as quais não podem ficar congestionadas com informações que podem ser tiradas em outros canais de comunicação.

“Tem momentos que todas as linhas estão congestionadas com nossos atendentes respondendo perguntas que poderiam ser respondidas por outros canais como: “minha filha está com febre e não sei o que fazer, levo na Unidade Básica ou no UPA?” Entendemos que as pessoas estão preocupadas, mas agora começaremos a receber ligações de urgências e precisamos destes canais livres para isso”, explicou Tiago.

ONDE LIGAR? Depois da Publicidade

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no intuito de esclarecer dúvidas da população em relação ao Coronavírus (Covid-19) na Cidade, disponibiliza dois números de telefone para que os cidadãos possam ligar de segunda a segunda das 7h às 17h.

Vale lembrar que somente ligações serão aceitas, pois os números não têm conta em redes sociais. Com isso, o cidadão que quiser tirar dúvidas ou precisar de orientações quanto às determinações e recomendações do município, pode ligar no 67 9 9291-3053 ou 67 9 9280-2935.

Outro número destacado pelo coordenador do SAMU que os três-lagoenses podem ligar para tirar dúvidas a respeito do COVID-19 é o do próprio Ministério da Saúde (136).

“A população ligando nestes números para buscarem informações sobre o COVID-19 já nos ajudará muito”, finalizou Tiago.