Embaixador da China passa dos limites e faz ofensa grave a Eduardo Bolsonaro

36

*** conteúdo Diário do Brasil

No último dia 26, a mesma embaixada se referiu ao presidente do Brasil como “Bozonaro … boca podre”. 

Yang Wanming disse que Eduardo tem problemas mentais,A Embaixada da China no Brasil continua usando o twitter para ofender nossa soberania.

Após uma postagem de Eduardo Bolsonaro, que atacou (com razão) a ditadura do Partido Comunista chinês, a turma do ‘pastel de flango’ usou o twitter para contradizer e ofender gravemente o deputado.

Publicidade

“Mais uma vez uma ditadura preferiu esconder algo (surto do vírus chinês) grave a expor tendo desgaste, mas que salvaria inúmeras vidas”, escreveu Eduardo.

Resposta da Embaixada da China no twitter:

“As suas palavras são extremamente irresponsáveis e nos soam familiares. Não deixam de ser uma imitação dos seus queridos amigos. Ao voltar de Miami, contraiu, infelizmente, vírus mental, que está infectando [as] amizades entre os nossos povos”, rebateu o perfil oficial da embaixada na rede social.

O próprio embaixador chinês, Yang Wanming, escreveu que as palavras do deputado “são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês”.

Agora eu te pergunto, caro internauta:

“Se um brasileiro for para a China e começar a ofender as autoridades de lá, o que acontece?”

Alguém arrisca um palpite? Continua Lendo Após a Publicidade

Nenhum brasileiro é contra o povo chinês … somos contra o regime genocida que usa mais de 1 bilhão de pessoas como massa de manobra.

Assim como as dezenas de milhares de pessoas que morreram inocentemente devido ao vírus ‘fabricado’ em Wuhan, a população chinesa também é vítima.

Esse genocídio que estamos assistindo logo será colocado em pratos limpos.

Nada que Trump não possa resolver com 2 ou 3 drones não tripulados … aguardem!