#FIQUEEMCASA* O sul da França está vencendo a luta contra o CORONAVÍRUS

25

*** conteúdo Diário do Brasil |***Guilherme Santiago

Didier Raoult, renomado médico francês, liderou um estudo envolvendo 80 pacientes com COVID-19.

Os resultados foram surpreendentes. A equipe do Dr. Raoult revelou que quase todos os 80 pacientes que receberam uma combinação de hidroxicloroquina e azitromicina apresentaram melhora clínica .

As únicas exceções foram um paciente de 86 anos que morreu e um paciente de 74 anos que ainda está sob terapia intensiva.

No oitavo dia do tratamento, 93% dos pacientes apresentaram carga viral negativa através de um swab nasofaríngeo [coleta através de uma espécie de cotonete].

Publicidade

O artigo observou que o tratamento permitiu que os pacientes recebessem alta rapidamente de enfermarias altamente contagiosas, com um tempo médio de permanência de cinco dias.

No Hospital Universitário Méditerranée Infection, onde o Dr. Raoult conduziu o estudo em outros 503 pacientes (tratados com hidroxicloroquina e azitromicina) , apenas um paciente sucumbiu ao COVID-19 durante esse tratamento.