Prefeitura desconhece ‘lockdown’ para Três Lagoas

212

POR=Rádio Difusora

A Prefeitura de Três Lagoas anunciou, nesta quinta-feira (30), que não tem uma posição definida sobre declaração atribuída pelo jornal Correio do Estado, de Campo Grande, ao secretário de saúde, Geraldo Resende, sobre a possível decretação de quarentena geral na cidade, no chamado lockdown.

A publicação da reportagem, ocorrida ontem, gerou preocupação entre autoridades da cidade.

Nenhum contato foi mantido, nesta quinta, entre Resende e a Secretaria municipal de Saúde, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura.

A reportagem apurou que o secretário não antecipou a posição do governo estadual antes de falar com o jornal da capital.

A secretária Angelina Zuque e o presidente do comitê de enfrentamento à Covid-19, Cassiano Maia, não foram localizados pela reportagem para falar do assunto.

Até esta quinta-feira, Três Lagoas tem 192 notificações da doença, com 54 confirmados, oito em investigação e três mortes.

Em nota, a prefeitura diz que está monitorando os casos e que “vem trabalhando em conjunto com o Governo do Estado monitorando sua estrutura de saúde diariamente e se pronunciará no início da próxima semana.”

*Reportagem atualizada às 16h58 (MS) para acréscimo de informações.