Primeira pessoa vacinada contra Covid-19 relata a sua experiência

38

Jennifer Haller diz que vacina experimental foi como receber a da gripe

Por IG – Último Segundo

A injeção, aplicada no ombro esquerdo, durou apenas alguns segundos. Mas, com isso, vieram as esperanças de um mundo preso em uma batalha contra o coronavírus. Jennifer Haller, 44 anos, mãe de dois filhos, não vacilou dentro de um laboratório de Seattle, quando um homem de máscara facial e luvas azuis lhe aplicou a injeção.

Semanas antes, Haller, gerente de operações de uma startup de tecnologia, havia avisado os participantes do teste histórico no Facebook. Ela decidiu participar. E se tornaria a primeira pessoa do mundo a receber uma possível vacina para a Covid-19, segundo pesquisadores americanos.

Publicidade

“Assim que chegarmos à vacina, seja ela qual for, terei orgulho de fazer parte do processo”, disse ela.

“Essa humildade é genuína”, disse ela. “É uma coisa que posso fazer e estou feliz em fazê-lo. Não estou salvando o mundo.”