STF abusou de seu poder ao barrar diretor da PF escolhido por Bolsonaro?

21

Juristas ouvidos se dividem sobre a decisão do ministro Alexandre de Moraes que impediu posse de Alexandre Ramagem

por BBC NEWS BRASI

Poucas horas antes da cerimônia prevista para dar posse a Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal nesta quarta-feira (29), o ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Alexandre de Moraes vetou a nomeação por entender que há indícios suficientes de que o presidente Jair Bolsonaro o escolheu com intuito de intervir em investigações.

A decisão provocou forte reação de apoiadores de Bolsonaro, que acusam o STF de invadir poderes garantidos legalmente ao presidente.