Exames de Bolsonaro deram negativo; leia a íntegra dos laudos

7

Estadão pediu acesso na Justiça Presidente dizia não estar contaminado

PODER360

Os exames do presidente Jair Bolsonaro para a covid-19 entregues ao STF (Supremo Tribunal Federal) deram negativo. A Corte divulgou os laudos (íntegra – 2MB) na tarde desta 4ª feira (13.mai.2020).

O presidente publicou nas redes sociais que não havia contraído a doença causada pelo novo coronavírus, mas se negava a mostrar o resultado dos exames.

Ao fazer os testes, Bolsonaro usou os codinomes “Airton Guedes” e “Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz”. Os laudos contêm o número do CPF e a data de nascimento do presidente. Eis os os resultados impressos dos exames:

O 1º exame foi feito em 12 de março de 2020, alguns dias depois de uma viagem aos Estados Unidos. A amostra foi colhida no HFA (Hospital das Forças Armadas) de Brasília. O método utilizado foi o PCR, considerado preciso porque detecta o material genético do vírus. Na ocasião, o presidente utilizou o nome falso de “Airton Guedes”.

O 2º exame foi em 17 de março de 2020. A repetição do teste foi realizada como protocolo de segurança para evitar 1 falso negativo. Neste, o codinome usado por Bolsonaro foi Rafael Augusto.

Ao todo foram entregues 3 laudos ao STF, só que o 3º exame não foi divulgado. No entanto, consta na lista de documentos entregues pela AGU (Advocacia Geral da União).