Campeão mundial tenta barrar retorno de Mike Tyson: “E se ele morrer no ringue?”

16

Detentor do cinturão interino dos pesos-pesados, britânico Dillian Whyte espera convencer Conselho Mundial de Boxe: “Já temos escuridão e lama suficientes no esporte”

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

Tem boxeador de peso tentando barrar o retorno de Mike Tyson aos ringues. Aos 53 anos de idade, o astro do esporte vem treinando pesado para recuperar a velha forma e estar pronto para voltar a lutar após 15 anos. Mas Dillian Whyte, atual campeão mundial interino dos pesos-pesados pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB), quer colocar água no chope da fera. O britânico faz campanha para convencer o presidente do CMB, Mauricio Sulaiman, de que Tyson está velho para o pugilismo e não tem condições de voltar a disputar novamente o título mundial, como já projetou o cartola.

– Isso não faz sentido. Isso é bobagem. Mauricio: sou legal, mas é uma coisa muito boba de se dizer. Ele não deveria estar encorajando isso. E se ele morrer no ringue? O que vai acontecer? – questionou Dillian Whyte.

+Em boa forma, Evander Holyfield posta foto de treino e dá indireta sobre revanche com Mike Tyson
+ Tratamento de Cristiano Ronaldo, dieta e 60kg a menos: Tyson se reinventa para voltar aos ringues

Whyte defende a tese de que Mike Tyson não tem condições de enfrentar atletas mais jovens e no auge, como ele próprio, que tem 32 anos:

– Isso é bobagem. Por que vão autorizar uma luta entre um homem de 53 anos e um homem de 31 anos? Já temos escuridão e lama suficientes no esporte, não precisamos mais.

Curiosamente, Dillian Whyte não foi cogitado como adversário de Mike Tyson no retorno da estrela. Mas um rival do Whyte está bem cotado: o atual campeão mundial linear do CMB, o também britânico Tyson Fury, que admitiu ter sido sondado e disse que toparia na hora.

Mike Tyson em treino recente sem camisa — Foto: Reprodução/Weibo

Mike Tyson em treino recente sem camisa — Foto: Reprodução/Weibo

Outro rival especulado para Tyson é o brasileiro Wanderlei Silva. Lenda do MMA, ele revelou ter recebido uma oferta de US$ 10 milhões (cerca de R$ 54,4 milhões) para encarar Mike. O confronto ainda não teria uma data para acontecer.

Veículos internacionais já mencionaram Evander Holyfield e Shannon Briggs como candidatos a encararem Mike Tyson, e até o ex-campeão do UFC Vitor Belfort também já foi cotado nas redes sociais.