Polícia Militar autuou 05 motoristas alcoolizados no final de semana em Três Lagoas

5

TRÊS LAGOAS (MS) – No período compreendido entre às 20h de sexta feira (29/5) e 23h de domingo (31/5) a Polícia Militar autuou 05 (cinco) condutores dirigindo veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência.

Na noite de sexta feira por volta das 20h durante patrulhamento ostensivo preventivo pela Rua Egídio Thomé no bairro Jupiá, os policiais perceberam uma motocicleta Suzuki/YES 125 de cor preta em “zig zag” pela via, motivando a abordagem. O condutor apresentou os documentos (CNH e CRLV) vencidos além de exalar forte odor etílico, sendo realizado o teste de alcoolemia, resultando em 1,25mg/L de ar expelido.

Já por volta das 23h30, a Polícia Militar recebeu a informação (via 190) de que um veículo GM/Chevette de cor prata havia se chocado contra um muro no bairro Orestinho e tentava fugir do local. Durante o atendimento, foi verificado indícios de embriaguez no condutor do veículo, sendo submetido ao teste de bafômetro obtendo o resultado de 0,81mg/L de ar expelido.

Na madrugada de sábado (30/5) por volta 03h40, durante patrulhamento pela Avenida Filinto Mulher no bairro Lapa, foi realizada a abordagem de uma motocicleta conduzida por um jovem de 20 anos, o qual submetido ao teste de alcoolemia resultou em 0,20mg/L de ar expelido. Cerca de 20 minutos depois por volta das 04h, durante um desentendimento amoroso com agressões mútuas e danos no veículo, os envolvidos dirigiram até o quartel do 2º BPM para se queixarem um do outro, e durante o diálogo foi percebido que o condutor do veículo exalava odor etílico e tinha dificuldades no equilíbrio, sendo então aplicado o teste de alcoolemia resultando em 0,49 mg/l de ar expelido.

Na noite de domingo (31/5) por volta das 23h, durante o patrulhamento ostensivo pelo bairro Novo Oeste, foi realizada a abordagem da motoneta Honda/Biz e em diálogo com o condutor foi percebido que falava como dificuldade e dava respostas desconexas, apresentava sonolência e dificuldades no equilíbrio, sinais claros de estar dirigindo sob influência de álcool ou de outra substância psicoativa, evidenciando o Crime de Trânsito, mesmo com a recuso do condutor em realizar o teste de alcoolemia.Polícia Militar, presente e vigilante!O cidadão pode colaborar com a Polícia Militar de Três Lagoas, em caso de EMERGÊNCIA ligue para o 190 (gratuito) ou 3919-9736. Denúncias use o aplicativo WhatsApp 3919-9700. Não precisa se identificar!