Hospital Auxiliadora emite nota esclarecendo causa do 10º óbito por COVID-19 no Município

18

Diante de diversas interpretações sobre o motivo de internação e óbito de uma senhora de 67 anos ocorrido na última sexta-feira (17), o Hospital Auxiliadora, a pedido da Prefeitura de Três Lagoas, emitiu uma nota de esclarecimento sobre o caso.
O esclarecimento tem como base, o resultado dos exames da vítima, assim como laudo atestado por médico. Abaixo, a nota na íntegra.

Três Lagoas, 20 de Julho de 2020

Em atendimento à solicitação da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Três Lagoas, com relação ao óbito registrado na última sexta-feira, 17 de julho, de uma pessoa do sexo feminino, com 67 anos, o Hospital Auxiliadora informa que a paciente deu entrada no Hospital no dia 13 de julho, no Pronto Socorro, com histórico de dispneia (necessitando de oxigenoterapia de alto fluxo), e desconforto respiratório. A mesma foi devidamente atendida e medicada, sendo posteriormente internada na UTI COVID, no mesmo dia 13 de julho. No dia 15 de julho (4º dia de sintoma) foi coletado o material para exame de swab (COVID 19), conforme preconiza o protocolo do Ministério da Saúde, e encaminhando ao Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), em Campo Grande. A paciente veio à óbito no dia 17 de julho, sendo realizado teste rápido, tendo resultado positivo para COVID-19 no mesmo dia. O resultado do Lacen foi recebido pelo Hospital no dia 19 de julho, constando positivo para COVID-19.

Assessoria de Comunicação – Hospital Auxiliadora

A Prefeitura de Três Lagoas se solidariza com a família enlutada pela perda de um ente querido para essa doença contra a qual lutamos diariamente. Reforça a importância da propagação da informação séria e verdadeira, reiterando o compromisso com a transparência na informação.