Jornalista sai da prisão, mas é proibido de trabalhar, de usar sua mídia por Alexandre de Moraes

28

NBO

O ministro Alexandre de Moraes mandou soltar o jornalista Oswaldo Eustáquio, preso no âmbito do inquérito 4828, que investigaria supostas “manifestações antidemocráticas”. Na decisão, entretanto, Moraes proibiu Eustáquio de utilizar as redes sociais, meio pelo qual o jornalista trabalha.

A defesa do jornalista afirmou, em nota, que fará todos os recursos cabíveis ao STF com relação a restrições impostas que impossibilitam o livre exercício da profissão de jornalista e a livre circulação.

Outros aspectos da decisão chamaram atenção. A advogada Flávia Ferronato, uma das líderes do grupo Movimento Advogados do Brasil, que está peticionando junto a diversas organizações internacionais de direitos humanos e organizações internacionais de advogados, apontou: “Alguém pode me explicar como a CNN soube antes dos Advogados do Eustáquio sobre sua libertação? CNN virou assessoria de imprensa do Ministro Alexandre de Moraes?? Isso é GRAVÍSSIMO!!”.