Presidente Bolsonaro sobrevoa área atingida por ciclone em Santa Catarina

2

Poder360

O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou, na manhã deste sábado (4.jul.2020), a região metropolitana de Florianópolis, em Santa Catarina, afetada por 1 ciclone e chuvas fortes durante a semana.

A vistoria abrangeu as regiões das cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos. O vôo programado para 8h35, na agenda presidencial, terminou antes das 10h, segundo a Secom. Bolsonaro retorna à Brasília 12h20.

Bolsonaro se encontrou com representantes do Estado e do Fórum Parlamentar Catarinense para conversar com a situação. O presidente foi acompanhado de Rogério Marinho, ministro de Desenvolvimento Regional.

O presidente publicou nas redes sociais que o governo federal vai intensificar os trabalhos na recuperação dos danos causados pela calamidade.

O senador Esperidião Amin (PP-SC) acompanhou a vistoria presidencial dentro do helicóptero utilizado para sobrevoar a área afetada pelo ciclone. Em rede social, Amin que o presidente pôde constatar danos muito sérios. O congressista também solicitou a Bolsonaro kits anestésicos para à região. Esperidião disse que os remédios são necessários para a assistência aos pacientes, vítimas da pandemia de covid-19.

O “ciclone bomba” deixou pelo menos 10 mortos no Sul do país. Milhares de famílias ficaram sem energia depois dos ventos derrubarem árvores e postes de eletricidade.Veja fotos do sobrevôo de Bolsonaro: