Sem poder visitar mãe com coronavírus, filho escalava parede de hospital para vê-la

4

A mãe esteve internada desde o primeiro dia da infecção e morreu no dia 16 de julho

Vinícius Costa – MIDIAMAX

A dor de ver algum ente querido em um hospital internado por causa do novo coronavírus, acaba nos levando a fazer ideias para poder ver a pessoa ou quem sabe, dar um último adeus. E foi assim para o palestino Jihad Al-Suwaiti, de 30 anos, que escalou por diversas vezes a parede de um hospital para visitar sua mãe, Rasmi Suwaiti, de 73 anos, que ficou internada, mas acabou falecendo por conta da doença.

De acordo com a rede de notícias palestina, Al Jazeera, o filho visitou a mãe pela janela do quarto do hosital todos os dias até a data da morte de Rasmi, no dia 16 de julho.

A vítima era também paciente de câncer e esteve internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Estadual de Hebron. O caso, que aconteceu na cidade de Beit Awwa, na Cisjordânia, comoveu alguns internautas nas redes sociais.